(11) 5575.0769 (11) 96066-8846

cursao@cursaosantarita.com.br

Prefeitura de Cananéia/SP

Prefeitura de Cananéia/SP

Prefeitura de Cananéia/SP

PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA DE CANANÉIA - Estado de São Paulo

Organizadora: VUNESP

Link edital: https://www.vunesp.com.br/PCAN1901

CONCURSO PÚBLICO N° 001/2019 - EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES (EAI)

DA INSCRIÇÃO:

A inscrição deverá ser efetuada das 10 horas de 05 de Novembro de 2019 às 23h50 de 05 de Dezembro de 2019 (horário oficial de Brasília), exclusivamente pela internet, no site www.vunesp.com.br

DA PRESTAÇÃO DAS FASES/PROVAS:

A PROVA OBJETIVA tem data prevista para sua realização em 09 de Fevereiro de 2020:

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO EM CRECHE - Manhã – 9hs

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL - Manhã – 9hs

PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL I - Tarde – 14h30

A PROVA DE TÍTULOS será aplicada em oportunidade distinta à da aplicação da prova objetiva para todos os candidatos habilitados na prova objetiva somente para os cargos de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO EM CRECHE, PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL I e PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL a definir.

O candidato deverá acompanhar as publicações no site da organizadora (VUNESP).

O curso preparatório:

Modalidade: EAD

O curso contemplará os conteúdos comuns a todos os professores, bem como o conteúdo específico para cada cargo de professor, sendo apresentado seu conteúdo em videoaulas*, resumos e simulados.

*videoaulas disponibilizadas conforme disponibilidade da plataforma

O cursista terá acesso ao conteúdo até 48 horas após a data de realização da prova.

O curso contemplará a parte comum aos cargos:

Professor de Ensino Fundamental I

Professor de Educação Especial

Professor de Educação em Creche

Valor do curso: R$400,00 (pagamento e condições de parcelamento realizadas pelo Pagseguro)

Língua Portuguesa (comum aos todos os cargos)

Matemática (Professor de Ensino Fundamental I e Professor de Educação em Creche)

Conhecimentos Pedagógicos (comum aos todos os cargos)

AGUIAR, Márcia Ângela da Silva [et. al.]. Conselho Escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade social. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2006. (arquivo e videoaula) / ARÊAS, Celina Alves. A função social da escola. Conferência Nacional da Educação Básica. (arquivo e videoaula) / CASTRO, Jane Margareth; REGATTIERI, Marilza. Relações Contemporâneas Escola-Família. p. 28-32. In: CASTRO, Jane Margareth; REGATTIERI, Marilza. Interação escola-família: subsídios para práticas escolares. Brasília: UNESCO, MEC, 2009. (arquivo e videoaula) / COLL, César. O construtivismo na sala de aula. São Paulo. Editora Ática, 1999. (Capítulo 5). (arquivo e videoaula) / CONTRERAS, José. A autonomia de professores. São Paulo: Cortez Editora, 2002. (Capítulos 3 e 7). (arquivo e videoaula) / MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Abrindo as escolas às diferenças, capítulo 5, in: MANTOAN, Maria Teresa Eglér (org.) Pensando e Fazendo Educação de Qualidade. São Paulo: Moderna, 2001. (arquivo e videoaula) / VINHA, Telma Pileggi. O educador e a moralidade infantil numa perspectiva construtivista. Revista do Cogeime, n.º 14, julho/99, pág. 15-38. (arquivo e videoaula) /WEISZ, T. O diálogo entre o ensino e a aprendizagem. São Paulo: Ática, 2006. (Capítulos 4 e 5). (arquivo e videoaula)

Conhecimentos Pedagógicos (Professor de Educação Especial e Professor de Ensino Fundamental I)

BRASIL. Constituição Federal/88 – artigos 205 a 214. (arquivo e videoaula) / FONTANA, Roseli Ap. Cação. Mediação Pedagógica em sala de aula. Campinas: Editora Autores Associados, 1996 (Primeiro tópico da Parte I – A gênese social da conceitualização). (arquivo e videoaula) / GARCIA, Lenise Aparecida Martins. “Transversalidade e Interdisciplinaridade”. (arquivo e videoaula) / HOFFMAN, Jussara. Avaliação mediadora: uma relação dialógica na construção do conhecimento. In: SE/SP/FDE. Revista Ideias, nº 22, pág. 51 a 59. (arquivo e videoaula) / Lei Federal nº 8.069/1990 – Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. (arquivo e videoaula) / Lei Federal nº 9.394, de 20/12/96 – Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional (atualizada). (arquivo e videoaula) / LIBÂNEO, J.C.; OLIVEIRA, J. F.; TOSCHI, M. S. Educação Escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2003, capítulo III, da 4ª Parte. (arquivo e videoaula) /
MOURA, Daniela Pereira de. Pedagogia de Projetos: contribuições para uma educação transformadora.(arquivo e videoaula) / QUEIROZ, Cecília T. A. P. de; MOITA, Filomena M. G. da S.C. Fundamentos sócio-filosóficos da educação. Campina Grande; Natal: UEPB/UFRN, 2007. (MEC/SEB/SEED). (arquivo e videoaula) / RESENDE, L. M. G. de. A perspectiva multicultural no projeto político-pedagógico. In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Escola: espaço do projeto político-pedagógico. Campinas: Papirus, 1998. (arquivo e videoaula) / Resolução CNE/CEB 04/2010 – Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Brasília: CNE, 2010. (arquivo e videoaula) /
Resolução CNE/CEB 07/2010 – Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos. Brasília: CNE, 2010. (arquivo e videoaula) / VASCONCELLOS, Celso. Construção do conhecimento em sala de aula. Libertad – Centro de Pesquisa, formação e Assessoria Pedagógica. 14ª ed., 2002. (arquivo e videoaula) /PIMENTA, Selma, G.A. A Construção do Projeto Pedagógico na Escola de 1º Grau. Ideias nº 8. 1.990, p 17-24. (arquivo e videoaula) / BRASIL. Ministério da Educação. BNCC – Base Nacional Comum Curricular

Conhecimentos Pedagógicos (Professor de Ensino Fundamental I e Professor de Educação em Creche)

DE LA TAILLE, Y., OLIVEIRA, M.K.; DANTAS, H. Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992.(arquivo e videoaula) / ROPOLI, Edilene Aparecida. A Educação Especial na Perspectiva da Inclusão Escolar: a escola comum inclusiva. Brasília: Ministério da Educação. SEESP. Universidade Federal do Ceará. 2010. (arquivo e videoaula)

Conhecimentos Pedagógicos (Professor de Educação em Creche)

ALBANO, Ana Angélica. O espaço do desenho: a educação do educador. São Paulo: Loyola, 2013. (arquivo) / AUAD, Daniela. Educar meninas e meninos: relações de gênero na escola. São Paulo: Editora Contexto, 2016. (arquivo e videoaula) / BARBOSA, Maria Carmen S.; HORN, Maria da Graça Souza. Projetos Pedagógicos na educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 2008. (Capítulos 3, 5, 6, 8 e 9). (arquivo e videoaula) / BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Brinquedos e brincadeiras de creches: manual de orientação pedagógica. Brasília: MEC/SEB, 2012. (arquivo) / DEPRÁ. Fernanda de Souza Reis. A Pedagogia de Projetos no Processo Ensino-Aprendizagem da Educação Infantil. Publicado em 29 de maio de 2017. Disponível em: (arquivo) / OLIVEIRA, Zilma Ramos de (org.). O trabalho do professor na educação infantil. São Paulo: Biruta, 2014. (Capítulo 5). (arquivo) / OLIVEIRA, Zilma Ramos de [et al.]. Creches: Crianças, faz de conta & Cia. 16ª ed. Atualizada. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. (Parte III, capítulos de 7 a 11). (arquivo) / OLIVEIRA, Zilma Ramos de. Educação Infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002. (Capítulos I, e de VII a XIV). (arquivo) / PIAGET, Jean. Desenvolvimento e aprendizagem. Trad. Paulo Francisco Slomp. UFRGS – PEAD 2009/1. (arquivo e videoaula)

Conhecimentos Pedagógicos (Professor de Ensino Fundamental I)

A criança de 6 anos, a linguagem escrita e o Ensino Fundamental de nove anos. Ministério da Educação/Secretaria de Educação Básica. Brasília, 2009. (arquivo e videoaula)/DELIZOICOV. Demétrio; ANGOTTI, José André. Metodologia do ensino de Ciências. São Paulo: Cortez, 1994. (Capítulo II: unidades 2 e 3; Capítulo III: unidades 4 e 5). (arquivo e videoaula)/DOWBOR, Ladislau. Educação e apropriação da realidade local. Estud. av. [online].2007, vol.21, nº 60, pp. 75-90. (arquivo e videoaula)
Ensino Fundamental de nove anos: orientações para a inclusão da criança de seis anos de idade. Brasília, 2007. (arquivo e videoaula)/JÓFOLI, Zélia. A construção do conhecimento: papel do educador, do educando e da sociedade. In: Educação: Teorias e Práticas, ano 2, nº 2, Recife: Universidade Católica de Pernambuco, p. 191 – 208. (arquivo e videoaula)/Lei Federal nº 7.853, de 24 de outubro De 1989 – Dispõe Sobre o Apoio às Pessoas Portadoras de Deficiência, sua Integração Social, sobre a Coordenadoria Nacional para integração da Pessoa Portadora de Deficiência – Corde, Institui a Tutela Jurisdicional de Interesses Coletivos ou Difusos dessas Pessoas, disciplina a atuação do Ministério Público, define crimes, e dá outras Providências. (arquivo)/LERNER, Delia. A matemática na escola – aqui e agora. Porto Alegre: Artmed, 1995. (arquivo e videoaula)/LERNER, Delia. Ler e escrever na escola: o real, o possível e o necessário. 1ª Edição – Porto Alegre, Artmed, 2002. (arquivo e videoaula)/MORAN, José. A aprendizagem de ser educador. (arquivo e videoaula)/PENTEADO, Heloísa Dupas. Metodologia de História e Geografia. São Paulo: Cortez, 2011. (Capítulos 1, 2 e 3). PIAGET, Jean. Desenvolvimento e aprendizagem. Trad. Paulo Francisco Slomp. UFRGS- PEAD 2009/1. (arquivo e videoaula)/Resolução CNE/CEB 4/2009 – Institui Diretrizes Operacionais para o Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, modalidade Educação Especial. Brasília: CNE, 2009. (arquivo)/RIOS, Teresinha Azeredo. Ética e competência. São Paulo: Cortez, 2001. (arquivo e videoaula)

Conhecimentos Pedagógicos (Professor de Educação Especial)

BACICH, L.; TANZI NETO, A.; TREVISANI, F. M. (org.). Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015. (arquivo)/FELTRIN, Antonio E. Inclusão social na escola: quando a pedagogia se encontra com a diferença. São Paulo: Paulinas, 2007. (arquivo)/GALVÃO, Izabel. Expressividade e emoções segundo a perspectiva de Wallon, in: ARANTES, Valéria A. Afetividade na Escola: alternativas teóricas e práticas. São Paulo: Summus, 2003.(arquivo e videoaula)/HADJI, Charles. Avaliação desmistificada. Porto Alegre: Artmed, 2001. (arquivo)/Lei complementar nº 204, de 22 de dezembro de 2009 – Dispõe sobre os profissionais da educação básica e sobre a reorganização do estatuto, plano de carreira, vencimentos e salários do magistério público do município de Araçatuba e dá outras providências. (arquivo)/LIBÂNEO, J.C. Democratização da Escola Pública – a pedagogia crítico-social dos conteúdos. São Paulo: Loyola, 1985. (Capítulo 6). (arquivo)/LIBÂNEO, J.C. Didática. São Paulo: Cortez, 2013, capítulos 2,7 e 9.(arquivo)/MANTOAN, Maria Teresa Eglér (org.). Inclusão escolar: o que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Summus, 2015. (arquivo e videoaula)/MORAN, Jose. Os novos espaços de atuação do professor com as tecnologias. In: Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v.4, n.12.p.13-21, maio/ago.2004. (arquivo)/RAMOS, Rossana. Inclusão na Prática: Estratégias Eficazes para a Educação Inclusiva. São Paulo: Summus, 2016. (arquivo)/RIOS, Teresinha Azeredo. Compreender e ensinar: por uma docência de melhor qualidade. São Paulo: Cortez, 2001 (capítulos 2 e 3). (arquivo)/TOGNETTA, Luciene Regina Paulino; VINHA, Telma Pileggi. Quando a escola é democrática: um olhar sobre a prática das regras e assembleis na escola. Campinas: Mercado das Letras, 2007.(arquivo)/VEIGA, I. P. A. (org.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. 2.ª ed. Campinas: Papirus, 1996. (arquivo e videoaula)/ZABALA, Antoni. A Prática educativa: Como ensinar. Porto Alegre: ArtMed, 1998, (capítulo 2). (arquivo e videoaula)

Para dar um Upgrade em seu futuro

Inscreva-se